segunda-feira, 30 de março de 2009

NÃO PERTUBE

27 de MARÇO de 2009
Procon abre inscrições de cadastro para bloqueio telemarketing

A Fundação Procon-SP disponibilizou nesta sexta-feira, 27 de março, canal em seu site para o consumidor se inscrever no “Cadastro para Bloqueio do Recebimento de Ligações de Telemarketing” , conforme estabelecido pela Lei 13.226/08, regulamentada pelo Decreto Estadual 53.921/08.

O consumidor já pode cadastrar, sem custo, números de telefones fixo ou móvel, do Estado de São Paulo, que estiverem em seu nome. Após 30 dias da inscrição, as empresas ficam proibidas de ligar, a não ser que tenham autorização por escrito (o padrão para essa autorização também está disponível no site).
“A legislação fortalece o poder de escolha do consumidor. Quem não deseja receber ofertas de produtos e serviços agora passa a ter a opção de não ser incomodado em seus telefones. Já quem gosta não precisa fazer o cadastro”, salienta o diretor-executivo da Fundação Procon-SP, Roberto Pfeiffer.

No espaço disponibilizado pela fundação, o consumidor (pessoa física ou jurídica) poderá, além de bloquear ou desbloquear linhas telefônicas, registrar reclamação contra alguma empresa que tenha desrespeitado o bloqueio. Nesse caso, as punições previstas são de acordo com o artigo 57 do Código de Defesa do Consumidor.

As empresas de telemarketing, por sua vez, terão um ícone para se cadastrar e, assim, poder consultar os números dos consumidores que não desejam receber ligações – os demais dados serão mantidos sob sigilo. As empresas de outros estados também ficam proibidas de efetuar ligações para os números bloqueados.

O Procon-SP elaborou um folder contendo algumas perguntas e respostas visando a um melhor esclarecimento do funcionamento deste cadastro e, também, um passo a passo de como o consumidor poderá acessar e cadastrar seu telefone. Este material estará disponível no site e nos postos de atendimento pessoal do órgão.

Informativo sobre o Bloqueio de Ligações de Telemarketing




27/3/2009Assessoria de Imprensa
Procon-SP
MAIORES INFORMAÇÕES: WWW.PROCON.SP.GOV.BR

TERCEIRA IDADE .

Terceira Idade ganha novo Guia de serviços de Turismo
A Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo (SELT) presenteia a Terceira Idade com um guia de serviço totalmente voltado ao turismo. Os 12 mil exemplares, produzidos pela SELT, foram apresentados no último dia 24/3 pelo secretário Claury Alves da Silva e pela primeira dama do Estado e presidente do Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (FUSSESP), Mônica Serra.Distribuída gratuitamente, esta publicação tem por objetivo atender expressivo número de idosos no Estado de São Paulo, aquecer o turismo e promover o intercâmbio entre eles. Para tanto, foi estabelecida parceria com 190 estabelecimentos de serviços de turismo para atender este público específico. Do guia consta uma relação de serviços diversificados como: Agências de Viagens e Turismo, Hotéis, Albergues, Guias especializados de Turismo, Estrada de Ferro Campos do Jordão, Zoológico de São Paulo, o programa 'Nosso Turismo Paulista' que oferece descontos de 10% a 60% em centenas de hotéis credenciados. Para adquirir o material e, consequentemente, obter descontos nos estabelecimentos cadastrados, o idoso deverá possuir a carteirinha, confeccionada na sede da Pasta; ser maior de 60 anos e dirigir-se à Sede da Secretaria, munido de identidade, foto 3x4 e comprovante de residência."É o Governo do Estado respeitando significativa parte da sociedade. Talvez a que mais cresça", afirmou a primeira dama. "O que mantém a saúde do idoso em dia é o fato de estar ou não ativo e estamos dando opções", concluiu.Na oportunidade a Fanfarra Musical da Terceira Idade do município de Sumaré, sob a regência do maestro João Bonanno prestou homenagem à primeira dama, Mônica Serra. O secretário Claury acredita que o guia será uma ferramenta útil para auxiliar o turista idoso que, segundo ele, não costuma utilizar internet para fazer pesquisas sobre destinos turísticos: "Ao tomar posse, o governador José Serra nos solicitou que fizéssemos ações para o público da Terceira Idade, seja no esporte, turismo ou lazer", finalizou.Fonte: Assessoria de Comunicação SELT(11) 3241-5822 ramal: 1183http://www.selt.sp.gov.br/index.php

sábado, 28 de março de 2009

SP vai anular 2 mil multas de rodízio






Motivo seria falha em equipamento após início do horário de verão. Secretaria diz que proprietários autuados serão avisados.


A Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) vai anular aproximadamente 2 mil multas de rodízio que foram registradas indevidamente por alguns radares de fiscalização de trânsito de São Paulo. Uma barreira eletrônica e três radares fixos apresentaram falhas de programação e autuaram irregularmente veículos que teriam desrespeitado o rodízio municipal e caminhões que teriam trafegado em área onde são proibidos. A SMT informou que "os proprietários autuados receberão aviso de desconsideração de Notificação de Autuação ou aviso de cancelamento de penalidade". As falhas foram detectadas durante uma das vistorias periódicas que a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realiza nos radares.

saiba mais
Desrespeitar o rodízio foi infração que mais rendeu multas em SP em 2008
Chuva faz prefeitura de SP suspender multas de rodízio na tarde desta terça
A maior parte dessas infrações, 1.606, ao todo, foi registrada por três radares fixos de velocidade, que apresentaram problemas após o início do horário de verão, em outubro do ano passado. Por causa de falhas na programação, eles operaram durante a época do horário diferenciado com base no modelo tradicional - uma hora atrasado. Por isso, autuaram veículos por desrespeitarem o rodízio municipal, mesmo quando a regra não estava mais em vigor.


Area do rodízio de veículos em São Paulo compreende bairros das zonas Oeste, Sul e região central (Ilustração: Arte/G1)
O rodízio municipal é válido no fim do dia, das 17h às 20h, mas motoristas podem ter sido flagrados, por exemplo, às 20h20, pois, para o radar, ainda seriam 19h20. Esses radares estão instalados nas Avenidas Padre Pereira de Andrade e Paulo VI, ambas na região de Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, e da Avenida Mutinga, em Pirituba, na Zona Norte da capital paulista. Outras 414 infrações irregulares foram registradas por uma barreira eletrônica na Rua Major Paladino, próxima à Rua Policastro da Cruz, na Vila Leopoldina. Neste caso, o equipamento autuou caminhões que teriam desrespeitado a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) - local onde os caminhões podem circular somente das 21h às 5h. Este local, no entanto, não faz parte da ZMRC. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Dilma defende legalização do aborto e distribuição de renda

Ministra da Casa Civil falou em entrevista à revista Marie Claire.Ela repetiu Lula ao dizer que aborto é 'questão de saúde pública'.
"Tenho um imenso orgulho de fazer parte de um governo que mostrou que é possível crescer e distribuir renda ao mesmo tempo", afirmou a ministra em entrevista à revista Marie Claire, que será publicada neste fim de semana. Desde que foi apontada por Lula como a sua preferida para disputar a eleição presidencial de 2010 pelo PT, a ministra tem se esforçado para se aproximar do eleitorado. Pesquisas de opinião, no entanto, mostram Dilma ainda muito atrás do principal pré-candidato da oposição, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Sob crescentes ataques da oposição, Dilma ressaltou que, com o tempo, aprendeu a resistir às turbulências políticas. A ministra revelou que, além de ter o apoio do presidente e de colegas de ministérios, consegue se fortalecer quando tem a sensação de que as acusações são injustas. "É preciso se lembrar de ter um distanciamento e entender que isso faz parte do jogo político", disse ela, responsável pela gestão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "Tem um lado disso que é espuma, que vai embora."
Aborto
A ministra não se esquivou de temas polêmicos. "Abortar não é fácil para mulher alguma. Duvido que alguém se sinta confortável em fazer um aborto. Agora, isso não pode ser justificativa para que não haja a legalização", argumentou. "O aborto é uma questão de saúde pública. Há uma quantidade enorme de mulheres brasileiras que morre porque tenta abortar em condições precárias." Dilma também afirmou que acredita em Deus, outra questão sensível entre os eleitores brasileiros. "Fui batizada na Igreja Católica, mas não pratico. Mas, olha, balançou o avião, a gente faz uma rezinha", disse, sorrindo.
Tortura
A ministra relembrou sua atuação no período do regime militar, que durou de 1964 a 1985. "Foi nesse período que ganhei minha sensibilidade social, a noção de que era impossível o país viver com tanta miséria", comentou. Ex-militante da luta armada contra a ditadura, Dilma contou detalhes dos duros momentos que passou quando foi presa pelos militares, na década de 1970. "Tomei choques em várias partes do corpo, inclusive nos bicos dos seios. Tive até hemorragia", contou. Para a chefe da Casa Civil, a esquerda cometeu erros de avaliação sobre a situação política e econômica da época. "Achamos que a ditadura estava em crise, mas, na verdade, o milagre econômico estava apenas começando. A gente não percebeu o quanto eles ainda iam endurecer", reconheceu.
Fonte G1-Globo.com

Zona Norte e Marginal Tietê entram em estado de atenção

Às 14h30 deste sábado (28), toda SP estava em atenção devido à chuva. Aeroporto de Congonhas opera apenas por instrumentos desde 13h25.
A Zona Norte de São Paulo e a Marginal Tietê entraram em estado de atenção por volta das 14h30 deste sábado (28). Com isso, toda a capital paulista passou a ficar sob atenção segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), ligado à prefeitura. As zonas Oeste, Leste, Sul, Centro e Marginal Pinheiros estavam em atenção desde as 14h20.Também por causa da chuva, o Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, passou a operar apenas por instrumentos desde as 13h25. Apesar da restrição visual, segundo a assessoria da Infraero, o local operava normalmente para pousos e decolagens.
O Metrô informou que, por medida preventiva de segurança devido à chuva, as linhas 1-Azul e 3-Vermelha operaravam com velocidade reduzida por volta das 14h30.Segundo o CGE, no início da tarde existiam muitas nuvens nas demais regiões da cidade. São esperadas pancadas de chuva de forte intensidade em toda a cidade ao longo desta tarde.

Fonte G1-globo .com

DIA 16/04/2009, CAMPANHA DE FILIAÇÃO PARTIDÁRIA


Convido á todos para participarem da campanha de filiação partidária do PTB

Será no dia 16/04 as 20 horas, na sede do partido, cito avenida nove de julho 4.109 jd.Paulistano.
venha você também, fazer parte do PTB

PTB A HISTÓRIA QUE TODO O PARTIDO GOSTARIA DE TER.

quinta-feira, 26 de março de 2009

ATENÇÃO DIRETÓRIOS MUNICIPAIS.

Atenção Diretórios Municipais - prazo de entregua da RAIS termina dia 27/3
R. A. I. S.A Relação Anual de Informações Sociais - RAIS, é uma obrigação de natureza trabalhista que deve se cumprida por todos os Diretórios, os quais são pessoas jurídicas devidamente inscritas no CNPJ.Essa obrigação independe de haver empregados registrados ou não, portanto, reafirmamos, todos os Diretórios deverão entregar a declaração. O prazo limite de entrega da RAIS é o próximo dia 27 de março de 2009. Assim, até esta data todas às declarações deverão estar entregues.O não cumprimento da obrigação, ou cumprimento com omissões, informações falsas ou inexatas, gerará multa aos diretórios, conforme estabelecido na Lei 7.998/90 e demais Portarias expedidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego - MTE.O programa gerador da RAIS - GDRAIS - bem como, o manual explicativo do preenchimento da declaração, encontra-se disponibilizado na página da internet do M.T.E. (http://www.mte.gov.br).Dentre outras, é a partir da RAIS que os órgãos do Poder Público obtêm informações sobre o vínculo empregatício, remuneração, atividade econômica do empregador e demais informações que alimentam as várias estatísticas sobre o emprego e a renda no país.É preciso salientar também que a Justiça Eleitoral, em suas diligências, vem requerendo a comprovação do cumprimento dessa obrigação pelos Diretórios do Partido. Elaborado por SIGMA Administração Contábil e AuditoriaFone: 61 3274-7902Para saber mais, acesse: http://www.ptb.org.br/?page=ConteudoPage&cod=4501Fonte: site PTB Nacionalwww.ptb.org.br

quarta-feira, 25 de março de 2009

Prefeitura de SP abre nesta segunda programa para parcelamento de dívidas

A Prefeitura de São Paulo abre nesta segunda-feira (23) dois programas de parcelamento de dívidas municipais - o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) e o Parcelamento Administrativo de Débitos Tributário (PAT). Para aderir aos programas, o contribuinte deve acessar o site da Prefeitura de São Paulo.

O PPI busca promover a regularização de dívidas geradas até 31 de dezembro de 2004.

Não poderão ser incluídos no PPI os débitos referentes a infrações à legislação de trânsito, de natureza contratual e referentes a indenizações devidas ao município de São Paulo por dano causado ao seu patrimônio. Nenhuma parcela poderá ser inferior a R$ 50,00 para as pessoas físicas e R$ 500,00 para as pessoas jurídicas.

saiba mais
Multas aplicadas por radares de trânsito diminuem em SP
Decisão da Justiça é publicada e multas de radares fixos em SP não valem mais
Prefeitura de SP faz contrato emergencial para aplicar multas de radares fixos
Após aderir ao PPI, o contribuinte poderá pagar a dívida em parcela única ou em até 12 parcelas mensais, com taxas de juros de 1% ao mês, de acordo com a tabela Price.

Também é possível dividir a conta em 120 vezes, com correção pela taxa Selic mais juros de 1%. Quem optar pela parcela única fica livre dos juros sobre os impostos devidos e ganha desconto de 75% sobre os honorários advocatícios. Quem decidir parcelar a dívida também fica livre dos juros, mas terá de pagar 50% sobre os honorários advocatícios. PAT O PAT está aberto para o pagamento de dívidas ainda não inscritas na dívida ativa relativos aos impostos administrados pela Secretaria Municipal de Finanças. De acordo com a legislação, a poderão ser incluídos no PAT os débitos tributários espontaneamente confessados ou declarados pelo contribuinte, originários de autos de infração e intimação e relativos ao Imposto sobre Transmissão “Inter Vivos.” Nenhuma parcela poderá ser inferior a R$ 110,62 para pessoas física e de R$ 553,11 para pessoas jurídicas. Para aderir ao PAT, o contribuinte deve acessar o site da prefeitura na internet. A adesão ao programa reduz o valor das multas em 30%, se a formalização ocorrer no prazo de impugnação e 15% se a formalização ocorrer durante a fase de análise da impugnação. O contribuinte que deve até R$ 3.318,69 pode parcelar a dívida em até 18 vezes. Quem deve entre R$ 3.318,70 e R$ 11.062,31 poderá pagar em 24 vezes. Dívidas entre R$ 11.062,32 e R$ 33.186,94 poderão ser quitadas em até 36 vezes. Somente as dívidas acima de R$ 55 mil poderão ser pagas em até 60 vezes. Sobre o valor de cada parcela vai incidir o valor acumulado da Selic e de 1% sobre o valor principal da dívida
fONTE. g1 globo.com

ENTROPIA SOCIAL E POLÍTICA

Publicado: sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009
Estamos hoje no limite do caos, onde os meios de transporte e os valores humanos estão na rota do colapso com a perda da sustentabilidade.

Fundamentada em valores éticos distorcidos, a sociedade parece sem rumo. De políticos a donas de casa, passando por trabalhadores e demais membros da sociedade é preciso fazer uma reflexão, para saber se cada um de nós está; fazendo parte para melhorar o País onde vivemos.
Em pleno Século XXI, nunca antes estivemos tão desorientados em relação necessária para construirmos um ambiente social sustentável para as gerações futuras.
Estamos hoje no limite do caos, onde os meios de transporte e os valores humanos estão na rota do colapso com a perda da sustentabilidade.
Passamos um momento onde a ética se confunde com a estética, a imagem é mais valorizada que o conteúdo, o status é medido pelo mercado de consumo e a felicidade é coisa do futuro. Vivemos literalmente um momento de ruptura, neologismo necessário para explicar o que éInexplicável, porque não estamos apenas vivendo num momento de grandes transformações, mas de rupturas em cadeia, que mudam mais rápido do que podemos entender e que nos deixam com uma sensação de perplexidade, tirando o fôlego e aumentando a pressão sanguínea.
Vivemos hoje em um mundo de contradições. Ao mesmo tempo em que o desenvolvimento tecnológico nos proporciona um ambiente interconectado e interdependente, com um novo e eficiente sistema gerador de riquezas, baseado no processamento da informação, nas redes de comunicação, geração de conhecimento e inovação; a sociedade humana se apresenta como um ambiente de oportunismo e oportunistas, que repousa em um modo de ser que tem como modelo o individualismo desconectado da sua própria natureza e dependente dos padrões de consumo e competição, em busca de um prazer sem limites e irresponsável.
Parece que há alguma coisa fora da ordem. Segundo o grande pensador Francês Edgard Morin,...”quanto maior é a complexidade de um sistema, maior é a sua liberdade, mas se todos os membros fossem livres, se a complexidade fosse extrema, a sociedade se dissolveria, se dispersaria. Então o que pode manter unida a sociedade e, ao mesmotempo, com a maior liberdade possível, é apenas o sentimento vivido da solidariedade entre os seus membros, além da responsabilidade”.
Se quisermos uma sociedade melhor e mais humana para viver, todos nós cidadãos, políticos, empresários e lideranças dos vários segmentos precisamos olhar para o nosso íntimo e perguntarmos com coragem e franqueza, aquela franqueza que só as pessoas realmente dignas podem ter: Será que estamos fazendo nossa parte? Ou apenas estamos aparecendo na foto? Será que nossas escolhas estão contribuindo para um futuro sustentável que todos queremos, onde nossos filhos realmente poderão pelo menos viver em paz?
Vivemos hoje um estado de entropia social e política que nos deixa sem saída. A lei da termodinâmica nos diz que toda energia disponível no universo executa um movimentoque vai da ordem perfeita à desordem absoluta, na qual se esgotará completamente.
Assim como quando compramos um objeto de desejo novo, sabemos que um dia, na linha do tempo, ele quebrará e/ou se diluirá. Parece que estamos indo para o colapso. Mas, os sistemas vivos podem, até certo ponto, escapar à entropia por capacidade de auto-organização; neles uma ordem superior não previsível pela entropia pode surgir do beco sem saída que é o caos.
Assim como as folhas secas do inverno alimentam a terra, transformando-se em húmus nutritivo para que novas plantas possam florescer e frutificar na nova ordem da primavera, numa circularidade cíclica; necessitamos voltar ao ventre da nossa mãe natureza e a reaprendermos que a sobrevivência depende da capacidade de transformarmos os nossos resíduos da nossa tecnologia, do nosso conhecimento e das nossas experiências em alimentos para nossos filhos e para as futuras gerações, seguindo o ritmo natural da evolução.
Temos que reprogramar o nosso social, político e cultural, para encontrarmos novos significados, novas respostas para nossos problemas.
Precisamos reunir as informações existentes para mudar o nosso modo de ver e entender, através de um novo olhar, mais humano, amoroso e solidário. Porque só assim, usando toda a nossa criatividade, poderemos escapar da entropia cega que nos leva para autodestruição na seta do tempo.
Precisamos fazer a nossa parte e termos a consciência de que aqueles que escolhermos para serem nossos representantes políticos são, na verdade, apenas a extensão da nossa vontade, devendo cumprir com a sua obrigação moral e pública de alimentar a nossa terra, com o húmus da humildade e da honestidade, para que possamos arrumar a nossa casa, varrer o nosso chão e alimentar as nossas crianças com dignidade. E um dia, talvez, as metas do milênio não serão mais criadas para acabar com as mazelas do nosso planeta, mas para encontrarmos o caminho da perpetuação da paz. Aí então, poderemos reescrever nossa história e, definitivamente, desfrutar o grande mistério da vida.
Rubens dos Santos CraveiroPresidente do S.T.E.F.Z.S

VEREADOR DIGITAL-CAMPANHA 2008




ROBSON MORAES 14999.

terça-feira, 24 de março de 2009

PTB SERÁ O MAIS MODERNO PARTIDO DE SÃO PAULO

Deputado Campos Machado afirma: PTB será o mais moderno partido de São Paulo
A bancada petebista da Assembléia Legislativa teve uma participação efetiva nos trabalhos da Casa em 2008. Os projetos apresentados tiveram o cuidado de ter, como único foco, garantias de benefícios sociais àqueles que pagam seus impostos, os quais desejam, no mínimo, que os recursos tenham uma correta e adequada aplicação.Seus seis integrantes (deputados Campos Machado, Edson Ferrarini, Conte Lopes, Otoniel Lima, Roque Barbiere e Waldir Agnello), possuem os mais renomados currículos políticos do Estado e do País, resultando na existência de uma vasta gama de leis aprovadas em favor da população de São Paulo.Em 2008, o Partido Trabalhista Brasileiro cresceu significativamente em todo o território paulista. Está, hoje, entre as três maiores agremiações partidárias em número de filiados, com grandes chances de chegar ao topo, até porque, no começo de 2009, inicia um grande movimento de filiação partidária.Ao mesmo tempo, a liderança do PTB comemora este ano a implantação do Conselho de Defesa das Prerrogativas Parlamentares, criado e presidido por este líder. Trata-se do colegiado mais importante da Casa, pois defende a história e a base do sistema político do Brasil.A Assembléia Legislativa não deve ser submissa e, sim, caminhar lado a lado com o Poder Executivo nas decisões sobre o que é melhor para os cidadãos.Em 2009, o PTB, que caminha para ser o maior e mais moderno partido do Estado, vai ampliar e dinamizar o trabalho dos seus 11 Departamentos Sociais (Mulher, Ambiental, Afro, Aposentados, Esporte e Saúde, Inter-Religioso, Terceiro Setor, Empresarial, Inclusão Social, Jovem e Sindical) e realizará encontros regionais com a participação dos 645 municípios paulistas.Campos Machado, é Líder do PTB, Presidente Estadual e Secretário-Geral Nacional.Publicado na Revista "Parlamento Paulista" - Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

CAMPOS MACHADO TEM 4% DE INTENÇÃO DE VOTOS PRA GOVERNADOR

Campos Machado tem até 4% de intenções de votos para Governador
Eleições2010 - 22/03/2009 Geraldo Alckmin é favorito na disputa pelo governo do estado de São PauloO ex-governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) é o favorito na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes em 2010, mostra pesquisa realizada pelo Datafolha. Alckmin obtém entre 41% e 46% das intenções de voto, dependendo do cenário apresentado aos entrevistados.Foram considerados seis possíveis cenários para a eleição do ano que vem. Alternaram-se, como nomes do PSDB, Alckmin e Aloysio Nunes. Pelo PT, foram testados como prováveis candidatos a ex-prefeita Marta Suplicy, o ministro da Educação, Fernando Haddad e o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. Foram incluídos em todos os cenários: Campos Machado (PTB), Ivan Valente (PSOL) Paulinho (PDT), Paulo Skaf (sem partido) e Soninha (PPS).Alckmin obtém maiores taxas de intenção de voto quando seus adversários pelo PT são Fernando Haddad e Antonio Palocci. No primeiro caso, Alckmin atinge 46% das intenções de voto, 33 pontos à frente de Paulo Maluf, que obtém 13% das preferências. Luiza Erundina, com 10%, empata com Maluf, já que a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Vêm a seguir Soninha (6%), Paulinho (3%), Campos Machado (2%), Fernando Haddad, Paulo Skaf e Ivan Valente (1%, cada).Quando Antonio Palocci é o representante do PT, Alckmin obtém 45%. Nessa hipótese, Maluf tem13% e Erundina atinge 9%. Soninha é a preferida de 6% e Palocci fica com 3%. , mesmo percentual obtido por Paulinho. Completam o cenário Campos Machado (2%), Ivan Valente e Paulo Skaf (1%, cada). Marta Suplicy tem o melhor desempenho entre os possíveis candidatos do PT, embora não consiga fazer frente a Alckmin, que atinge 41% das intenções de voto, 28 pontos percentuais a mais do que a ex-prefeita (13%), que empata com Paulo Maluf (12%). Vêm a seguir Luiza Erundina (7%), Soninha (5%), Paulinho (3%), Campos Machado, Ivan Valente e Paulo Skaf (1%). Sem Alckmin na disputa, com Aloysio Nunes representando o PSDB, o ex-prefeito Paulo Maluf lidera (empata com Marta em um dos cenários), mas obtém percentuais de intenção de voto inferiores às taxas de eleitores que têm intenção de votar em branco ou anular o voto. No cenário em que Antonio Palocci representa o PT, Maluf obtém 20%. Erundina, com 14%, e Soninha, com 10%, vêm a seguir. Palocci atinge 5%., mesmo percentual obtido por Paulinho, e que empata com a taxa registrada pelo tucano Aloysio Nunes (3%). Diante dessa lista de candidatos, 30% votariam em branco ou anulariam o voto. Os resultados são quase idênticos quando Fernando Haddad é considerado como candidato petista. Nesse cenário, Maluf, mais uma vez, é o preferido de um quinto (20%) dos entrevistados. Erundina atinge 14% e Soninha fica com 10% das preferências. Aloysio Nunes obtém 3% e Haddad fica com 2%. Novamente, um terço optaria por votar em branco ou anular o voto. Como ocorre contra Alckmin, Marta Suplicy é a candidata petista com melhor desempenho, quando Aloysio Nunes é listado como candidato tucano. Nesse cenário, Marta tem 19% das intenções de voto, empatando com Maluf, que atinge 17%. Erundina (11%) e Soninha (8%), mais uma vez, disputam o terceiro lugar. Aloysio Nunes obtém 2% das intenções de voto. Votariam em branco ou anulariam o voto 26%. Geraldo Alckmin atinge suas maiores taxas de intenção de voto entre os eleitores mais jovens (com idade entre 18 e 24 anos), mais escolarizados e entre os que moram em cidades localizadas no interior do Estado. Quando solicitados a dizer, espontaneamente, em quem gostariam de votar para governador em 2010, 12% citam o atual ocupante do cargo, José Serra (PSDB). Alckmin é mencionado de maneira espontânea por 9%. Marta Suplicy (3%) e Paulo Maluf (1%) vêm a seguir. Não sabem dizer espontaneamente em quem gostariam de votar para governador 56%. O Datafolha ouviu 2.062 moradores do Estado de São Paulo com 16 anos ou mais, entre os dias 16 e 19 de março de 2009.Fonte: Instituto Datafolhahttp://datafolha.folha.uol.com.br/po/ver_po.php?session=861

segunda-feira, 23 de março de 2009

Empresa de call center abre quase 2 mil vagas em São Paulo

A empresa de call center Atento Brasil tem 1.941 vagas de trabalho em São Paulo. Entre as funções disponíveis estão teleoperador e supervisor - também há vagas para pessoas com deficiência. Confira lista de concursos e oportunidades Os interessados no cargo de teleoperador devem ter no mínimo 18 anos, segundo grau completo, fluência veral, bom relacionamento interpessoal e conhecimentos em informática. Para supervidor é exigido curso superior concluído ou em andamento e experiência em coordenação de equipes de call center. A Atento não divulgou os salários dos cargos, informou apenas que variam conforme a carga horária. Entre os benefícios oferecidos estão: assistência médica, vale-refeição, seguro de vida e assistência odontológica. Os candidatos devem cadastrar os currículos no site www.atento.com.br. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-880-9000
Fonte. G1

Conjunto Habitacional José Bonifácio/Itaquera II/III

Conjunto Habitacional José Bonifácio/Itaquera II/III
· área do conjunto: 2.813.302,40 m2· localização: Rua Virgínia Ferni e Avenida João Batista Conti· município: São Paulo· administração regional/zona: Itaquera/Leste· unidades habitacionais: 17.700 apartamentos400 apartamentos Renda Média2.360 casas/embriões1.156 lotes urbanizados· população estimada: 102.300 habitantes
equipamentos sociais:a) Biblioteca Municipal Vinícius de MoraesCentro ComunitárioAvenida Jardim Tamoio, 1.119(Secretaria Municipal de Cultura)b) Hospital DiaCentro ComunitárioRua Bernardino Prudente, 86/98(Secretaria Municipal de Saúde)c) Posto PolicialRua Vicente Avelar, 100(Secretaria Estadual dos Negócios e Segurança Pública)d) Biblioteca Municipal Vicente de CarvalhoCentro ComunitárioRua Guilherme Valência, 210(Secretaria Municipal da Cultura)e) Escola Municipal de Educação InfantilCentro ComunitárioRua Corruíra do Brejo, 133(Secretaria Municipal de Educação)f) Escola Municipal de Educação InfantilCentro ComunitárioRua Isabel Urbina, 149(Secretaria Municipal de Educação)g) Escola Municipal de Educação InfantilCentro ComunitárioRua Daniel Mongolo, 145(Secretaria Municipal de Educação)h) Associação Comunitária Beneficente Imaculada ConceiçãoRua José Ariza, 92(datilografia / corte e costura / alfabetização de adultos / pintura / tricô / violão / cabeleireiro / formação humana e religiosa / alcoólicos anônimos)i) Centro Cultural e Esportivo dos AposentadosRua Leôncio Gurgel, 790(futebol/campeonato de dama/xadrez e dominó/bingo)j) Associação dos Mutuários da COHAB II/III (ASMUCO)Centro ComunitárioRua Isabel Urbina, 146(cursos de espanhol/curso de flores/datilografia)k) Assistência Social Lar DitosoRua Giovani Quadri, 80(atividades comunitárias)l) Sociedade Beneficente e Promocional da Igreja Assembléia de DeusRua Giácomo Quirino, 58(cultos religiosos /recreação infantil)m) Associação Beneficente Bom Pastor dos Moradores do Conjunto Habitacional Itaquera II/IIIRua César Domenico, 85(orientação a jovens / cabeleireiro / corte e costura / datilografia / atendente de enfermagem / alcoólicos anônimos / festas comunitárias / recreação / esportes / festas religiosas / distribuição de cestas básicas / reuniões diversas)n) Associação Cultural São JerônimoCentro ComunitárioRua Emílio Aires, 80(capoeira/balé/caratê/bailes com bar)o) Grupo Cultural Afro II/Igreja Seicho-No-Ie/Igreja Evangélica BrasileiraCentro ComunitárioRua Anselmo Rodrigues, 125(datilografia/dança/capoeira/informática)p) AMEI- Associação de Mães dos Excepcionais de ItaqueraCentro ComunitárioRua Emília Brazão, 110(atendimento por psicóloga a crianças excepcionais)q) Ação Comunitária São José OperárioRua Caetano Braga, 200(corte e costura / celebrações religiosas / reuniões / alcoólicos anônimos / centro de juventude)r) Associação de Moradores do Conjunto Habitacional José BonifácioCentro ComunitárioRua Augusto Cavalcante, 154(datilografia / balé / ginástica / aeróbica / caratê / alfabetização de adultos / alcoólicos anônimos / departamento de esportes / pintura em tecido / tricô / bailes)s) Grupo Cultura DândaraRua Manuel de Agreda, 99(dança/capoeira/seicho-no-ie/ensaio de MPB)t) Associação Esportiva Brasil/Grêmio BotafogoRua Luiz Matheus X Avenida Jardim Tamoio (quadra 196)(campo de futebol)u) Serviço Social Promocional "Perseverança"GalpãoRua João Pedro Luna, 92(assistência e educação a crianças e adolescentes)v) Sociedade Grupo da 3.ª Idade "Amor Perfeito"Núcleo ComercialAvenida João Batista Conti, 183 - Núcleo 13 - Salas E/F(atividades comunitárias)w) Grupo de Amigos Solidários do Conjunto JuscelinoNúcleo ComercialAvenida João Batista Conti, 1.183 - sala 3(trabalhos sociais)

TREM TRAZ TURISTA À FESTA DO DIVINO


Trem traz turista à Festa do Divino
Publicado: segunda-feira, 23 de março de 2009
Saindo da Luz, as duas composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), puxadas por uma locomotiva datada de 1949, chegarão até a Estação dos Estudantes

Mogi das Cruzes foi incluída no projeto Expresso Turístico, desenvolvido pela Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos nas localidades de Jundiaí, Perus, Luz, Mooca e Paranapiacaba. A inserção do Município foi um pedido feito pelo prefeito Marco Bertaiolli (DEM) ao governador José Serra, durante visita a Cidade no último dia 13. Na quinta-feira passada, o secretário-adjunto João Paulo de Jesus Lopes e o diretor da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Airton Camargo, estiveram na Prefeitura para definir os últimos detalhes.
A primeira viagem até o Município deverá ocorrer durante o período da Festa do Divino, que tem início no próximo dia 21 de maio. Além de conhecer todos os atrativos do tradicional evento que une religiosidade e folclore, o grupo visitará diversos pontos da Cidade. Saindo da Luz, as duas composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), puxadas por uma locomotiva datada de 1949, chegarão até a Estação dos Estudantes. No local, grupos de congada e moçambique, entre outras manifestações culturais, recepcionarão os turistas.
Um roteiro de visitação, com as principais atrações da Cidade, será preparado por agências de viagens juntamente com a Diretoria de Turismo da Prefeitura. Além dos locais da Festa do Divino, serão incluídos no passeio visita a uma praça da Cidade, que ainda está sendo definida, espaço em que será montada, pela Secretaria Municipal de Cultura, uma grande feira com os atrativos turísticos de Mogi.
O local será dividido em quatro "faixas". Numa delas, haverá uma exposição sobre a história da colônia japonesa, outra da Festa do Divino, um estande com as frutas e flores produzidas no Município e outra com artesanato. "O objetivo é que este seja um ponto definitivo de eventos e atrações em Mogi", afirma o prefeito.
Deste ponto, os turistas partirão para outros endereços, como Museus e Igrejas consideradas de preservação histórica. Entre elas, a Ordem Primeira e Terceira do Carmo. Já outro roteiro inclui a zona rural do Município com a produção de flores do Taboão, especialmente as orquídeas, já que Mogi das Cruzes coloca no mercado um milhão de vasos anualmente para abastecer todo o País. Também deverão ser percorridas outras áreas rurais, como plantação de frutas e hortaliças. Com isso, começa a ser formatado o compromisso da Prefeitura de criar o Circuito das Flores nos Bairros do Taboão, Itapeti e Lambari.
Também está em andamento uma parceria com o Instituto Ecofuturo para que o Parque das Neblinas, localizado numa reserva florestal dentro do Distrito de Taiaçupeba, seja incluído neste roteiro. A área integra o conjunto de fazendas denominado Pedra Branca e Sertão dos Freires, com 6,5 mil hectares, pertencentes à Suzano Papel e Celulose.
Desde 1988, o local recebe um programa para o manejo de eucaliptos, com técnicas ambientalmente responsáveis que proporcionaram a recuperação da Mata Atlântica, culminando na criação do parque. Aberto à visitação monitorada, todo o projeto desenvolvido no espaço visa uma integração maior entre o homem e a natureza a partir de ações com treinamentos de recursos humanos, eventos de educação ambiental, oficinas de fotografia, observação da fauna e flora, trilhas, banho de rio e caminhadas com acompanhamento de pessoas habilitadas.
Todo este complexo foi visitado pelo prefeito Marco Bertaiolli, no último dia 16. "É uma estrutura fantástica que tem de fazer parte do nosso roteiro turístico", destaca ele, acrescentando que a Prefeitura também vem desenvolvendo projetos paralelos para o fomento do turismo no Distrito de Taiaçupeba, que possui um grande potencial voltado para o ecoturismo e o artesanato local.
E este trabalho com os artistas da Cidade passa por uma capacitação profissional com o objetivo de incentivar novas técnicas e aprimoramento. "Nós queremos valorizar o que temos de mais bonito, mas que isso seja feito de forma profissional e empreendedora, com real possibilidade de geração de emprego e renda". Por isso, segundo Bertaiolli, a vinda do Expresso Turístico para Mogi das Cruzes é fundamental e mostra mais uma vez a parceria entre a Cidade e o Governo do Estado. "Ao trazermos o turista para conhecer estes atrativos, o turismo começa a ser fomentado e se desenvolve naturalmente".
Projeto
Uma vez incluída a Cidade no roteiro do Expresso Turístico, o prefeito salienta que agora irá conversar com a direção da MRS Logística para que a linha final não seja mais a Estação dos Estudantes e sim César de Souza. O objetivo é restaurar o imóvel, que ainda preserva muito das características originais, transformando num ponto de turismo permanente.
Fonte: O Diário de Mogi das Cruzes

GASTO COM ACIDENTE DE TRABALHO CABE À EMPRESA

Gasto com acidente de trabalho cabe à empresa
19/03/09 10:31

São Paulo, 16 de Março de 2009 - Empregadores estão cada vez mais sendo pressionados a atender as normas de segurança do trabalho e estão mais sujeitos a responder a ações relacionadas a acidentes do trabalho. Prova disso, é que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já cobra dos empregadores os gastos destinados a benefícios acidentários por meio das chamadas ações regressivas. De acordo com a advogada Karla Bernardo, da Pactum Consultoria Empresarial, entre 2007 e 2008 foram julgadas 12 ações regressivas, todas em favor do INSS, que deverá receber R$ 2,455 milhões de ressarcimento. Além disso, o Ministério Público do Trabalho (MPT) tem interposto ações civis públicas contra empresas tomando como base o número de afastamentos por acidente do trabalho. Só em 2007, o INSS gastou R$ 5 bilhões em benefícios decorrentes de acidente de trabalho, não há dados atualizados.

Diante desta realidade, especialistas alertam sobre a necessidade dos empresários adotarem medidas de segurança. "E uma agenda positiva que contenha os dados da vida médica do empregado e dos equipamentos e instruções de segurança dados pelo empregador", alerta a advogada Maria Isabel Tostes da Costa Bueno, do escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Karla Bernardo recomenda que o empregador invista em uma equipe de segurança do trabalho e adote exames admissionais rígidos e anuais. "A responsabilidade de comprovar que não houve culpa da empresa em um eventual acidente cabe ao empregador ", diz. Seguro de Acidente
"Todos e qualquer afastamento aparece para o INSS, automaticamente, como acidente do trabalho e esses dados serão computados para calcular a alíquota da contribuição do Seguro de Acidente de Trabalho (SAT), que vai de 1% a 3%, mas pode chegar a até ao dobro deste percentual. Para evitar essa majoração, o empregador deve comprovar que o afastamento não tem ligação com o ambiente do trabalho", explica Maria Isabel.
Karla Bernardo concorda e adverte que como o ônus da prova cabe à empresa, ela tem de recorrer administrativamente e, se preciso, judicialmente com provas que a isentem da responsabilidade do afastamento. "Hoje, até mesmo depressão já é caracterizada como doença ocupacional", exemplifica. Apesar desta necessidade, as especialistas afirmam que poucos empresários têm se preocupado em comprovar que os afastamentos não são acidentes e serão pegos de surpresa assim que o Decreto 6.042/2007 entrar em vigor (o que está previsto para 2010), já que a medida reúne dados recolhidos desde 2004 para efeito da determinação da alíquota do SAT.
O decreto estabeleceu um novo reenquadramento de empresas no que se refere ao grau de periculosidade, relacionando a atividade econômica à determinada doença para fins de determinação do percentual da alíquota da contribuição do SAT e, apesar de ainda não ter entrado em vigor, o decreto já é bastante questionado. Isso porque, ele disciplina a aplicação, acompanhamento e avaliação do Fator Acidentário de Prevenção (FAP), o que pode fazer com que as alíquotas de contribuição sejam majoradas. A crítica é com relação ao cálculo adotado para estabelecer tais alíquotas, já que qualquer tipo de afastamento está sendo calculado como acidente. "O FAP estabelece a alíquota com base em uma presunção sem a devida comprovação", diz Maria Isabel, que explica que isso advém do Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário, que relaciona uma atividade com determinada doença. Para Karla Bernardo, este cálculo deve ser fator de preocupação para o empregador, pois caso ele não questione os afastamentos, ele será surpreendido no bolso com alíquotas majoradas e baseadas em seu perfil, já que não há uma verificação individual.
Fonte: Gazeta Mercantil/Caderno Direito Corporativo Pág. A - 12

sexta-feira, 20 de março de 2009

Compra de laptop: professores começam a ser chamados

Os cerca de 84 mil professores cadastrados no programa ´Computador do Professor` começaram, terça-feira, 17 de março, a comparecer ao banco Nossa Caixa para fechar financiamento sem juro para aquisição de laptops. O objetivo é possibilitar aos docentes a compra de equipamentos de última geração (veja configurações abaixo) por R$ 1.738: as parcelas mensais para financiamento em 24 meses, por exemplo, serão de R$ 72,42.O primeiro grupo, de 1.000 professores deve ir à Nossa Caixa até dia 23 de março, para informar em quantos meses deseja pagar o computador – máximo de 24 vezes – e comprovar rendimentos. Outros 2.000 devem ir à Nossa Caixa entre 24 e 30 de março. Em abril serão chamados mais 20 mil professores. Os outros deverão ir ao banco a partir de maio, conforme cronograma do programa. (Veja cronograma abaixo).Depois de acertar o financiamento, com análise de crédito, o educador receberá sua máquina em até sete dias úteis. O fabricante entrará em contato para confirmação de local e horário de entrega do laptop. A primeira parcela do financiamento será debitada em folha de pagamento, no mínimo, 60 dias após a aprovação do crédito.Os professores estão sendo convocados via e-mail, pela Secretaria. É importante que os inscritos acessem o site www.professor.sp.gov.br e verifiquem a semana de comparecimento. A agência da Nossa Caixa a ser procurada é a já indicada pelo professor. A chamada respeita a ordem de inscrições. CronogramaProfessor deverá sempre acessar o site www.professor.sp.gov.br para verificar em seu cadastro a semana de comparecimento à Nossa Caixa. A chamada será por ordem de inscrição:• 17 a 23 de março: comparecimento de 1.000 professores• 24 a 30 de março: comparecimento de 2.000 professores• Abril: comparecimento de mais 20.000 professores• Maio: mais 30.000 - e o restante em junho. Configuração do computador• Processador de núcleo duplo arquitetura x86, tamanho de memória cache interno L2 (integrada) de 1MB e suporte à memória RAM DDR2 SDRAM 667 Mhz (PC5300) • Memória RAM de 2GB• Tela de 14 polegadas• Disco rígido interno com capacidade de 160 GB e cache de 8 Mbytes• Leitor de cartões SD/MMC/MS• Slot para cartão PCMCIA• Drive de DVD-RW/CD-RW• Cabos, baterias (no mínimo uma), fontes e conectores• Windows Vista• Office• Softwares pedagógico• Acessório: Maleta para transportar

NOTÍCIAS

Dia da Água: em Registro, Sabesp começa coleta de óleo de fritura
Um dos destaques da 6ª Semana da Água do Vale do Ribeira, realizado pela Sabesp, em comemoração ao Dia Mundial da Água (22 de março), é o início do Programa de Reciclagem de Óleo de Fritura (Prol). Ele foi elaborado com o objetivo de evitar a poluição de rios e córregos, além de evitar problemas na rede de esgoto, pois o óleo é um aglutinante que se torna sólido e agrega lixo lançado indevidamente na tubulação. Basta um único litro de óleo para contaminar cerca de 25 mil litros de água.Em Registro, o programa será feito em parceria com a prefeitura local, a Associação Comercial (Aciar) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Cidadania do Vale do Ribeira (Idesc).“A implantação do Prol é muito importante porque, assim, impediremos que o óleo de cozinha, um produto altamente poluidor, afete os nossos rios e o solo”, afirma Irineu Shiguekazu Yamashiro, superintendente da Unidade de Negócio Vale do Ribeira (RR) da Sabesp, que lançará o programa na abertura das palestras da 6ª Semana da Água do Vale do Ribeira, no dia 20.Reciclagem no BrasilDe acordo com a Assessoria de Meio Ambiente da Sabesp, o óleo de fritura polui os rios por conter carga orgânica elevada que, em sua digestão, requer oxigênio dissolvido essencial à respiração dos peixes e outras formas de vida.Também contribui para formar um filme flotante que prejudica a oxigenação das águas. Estima-se que, no Brasil, 4 bilhões de litros de óleo de fritura sejam produzidos ao ano, sendo 2 bilhões descartados e o restante ingerido em frituras e produtos industrializados ou aderido aos recipientes de preparo. Destes 2 bilhões, estima-se que somente 5% sejam reciclados. Além dos benefícios ambientais, a reciclagem do óleo gera renda e colabora com a produção de biodiesel e sabão.Pontos de coleta - A partir de amanhã, 20 de março, haverá três pontos de coleta de óleo usado em Registro: a sede do Cidadão Catador, na Rua Chile, nº 48, Vila Ribeirópolis (Pedreira); a agência de atendimento da Sabesp, à avenida Prefeito Jonas Banks Leite, 400, centro; e o Departamento Municipal do Bem Estar Social, à Rua São Francisco Xavier, 165, centro. Além disso, os membros do projeto “Cidadão Catador”, que já recolhem papelão, alumínio e plástico na cidade, passarão a coletar também óleo usado de cozinha. A princípio, o óleo será encaminhado a Sorocaba para ser usado na fabricação de biodiesel. “Mas ainda pretendemos fazer uma campanha para que os coletores produzam sabão com o óleo que recolhem, aumentando a sua renda”, conta Irineu Yamashiro.Dia Mundial da Água em Registro A 6ª Semana da Água do Vale do Ribeira foi realizada em comemoração ao Dia Internacional da Água. Foi uma parceria da Sabesp com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Ribeira de Iguape e Litoral Sul, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e a Associação dos Mineradores de Areia do Vale do Ribeira e Baixada Santista (Amavales). As atividades começaram na quinta-feira, dia 19, sob coordenação do Departamento de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente da prefeitura de Registro, no Centro de Educação e Cultura, com uma oficina para ensinar como aproveitar materiais recicláveis em trabalhos manuais. Se estenderam por toda a sexta-feira, com palestras e atividades de lazer e cultura.(Texto produzido pela Secretaria de Saneamento e Energia/Sabesp)

Informação Importante!

Informação Importante! Dentro dos Shopping Centers há pessoas próximas às entradas dos cinemas fazendo uma suposta pesquisa com os jovens (algo "interessante", como cinema, TV, um novo filme a ser lançado...). Pegam então o nome, telefone fixo e residencial, endereço e algumas característas como as roupas, cor do cabelo, etc etc etc do seu filho. Depois que as pessoas entram no cinema, eles esperam alguns minutos, ligam para a pessoa que foi "entrevistada" para ver se o celular está mesmo desligado e, se estiver, eles ligam para a casa da pessoa. O bandido diz o nome completo do seu filho (o que já assusta), as caracteristicas como cabelo, estatura, roupas e diz ainda "Ligue para seu filho, se acha que estou mentindo... o nº dele é 9XXX - XXXX? Está desligado..."(pronto, se ele sabe até o nº do celular de seu filho, só pode ser verdade). E como um filme dura em média 2Hs, demora muito para voce conseguir ligar e ser atendido. Aí voce já está em pânico e pronto para fazer o que o bandido lhe pedir. AVISO DE UM DELEGADO DE POLÍCIA: *"Isso não é boato, é fato.** **Instruam seus filhos a não responderem nenhuma entrevista ou pesquisa nas ruas e fornecer informações curriculares apenas diretamente para empresas. Não coloquem curriculum em sites.... Nunca desliguem os celulares... coloque-os em "silencioso". Em caso de cinemas, coloque-o para que simplesmente acenda a luz... Assim saberão se algum parente está ligando... O nível de inteligência dos bandidos está aumentando... Temos que nos precaver cada vêz mais****

SÃO PAULO INAUGURA O HOSPITAL DO HOMEM.

Hospital do HomemAv. Brigadeiro Luís Antônio, 2.651Saúde] São Paulo inaugura Hospital do Homem[ +++ ]
A Secretaria de Estado da Saúde inaugurou nesta segunda-feira (14) o primeiro Centro de Referência da Saúde do Homem, serviço público voltado integralmente para a saúde masculina. A unidade ocupará um andar inteiro do edifício erguido no Hospital Brigadeiro, cujo investimento chegou a R$ 19 milhões.
O Governo do Estado investiu R$ 2 milhões na compra de equipamentos de ultrassom, urologia, litotripsia (que destrói o cálculo renal através de ondas de impacto), além de mobiliário. A previsão é que seja investido outro R$ 1 milhão para a aquisição de arco cirúrgico para urologia, nefroscópios e conjuntos para cirurgias transureteroscópicas e transuretrais.
O Hospital do Homem ocupará uma área de 1,1 mil m². Entre os consultórios, um será especialmente destinado à biopsia da próstata e outro somente para calculose (cálculo renal). Nesse último, o atendimento será imediato e as urgências relacionadas a cálculo renal serão encaminhadas diretamente para a sala de tratamento medicamentoso ou, se for necessário, procedimento cirúrgico.
A unidade reunirá especialidades médicas como andrologia, patologias da próstata e urologia, além dos núcleos de alta resultabilidade (check-up) e de ensino e pesquisa. Este último terá palestras e cursos abertos ao público.
Na área de andrologia os pacientes contarão com três setores: sexualidade (que abordará a questão com adolescentes, adultos e idosos, além de problemas de ereção); esterilidade (que também terá programas de paternidade e vasectomia); e transsexo (que atenderá transsexuais e também terá programas de amparo psico-emocional, orientação legal e cirúrgica).
O departamento de patologias da próstata será dividido em dois setores: diagnóstico e tratamento das DST, prostatites (infecções da próstata causadas por bactérias e vírus) e prevenção do HIV e HPV; e tumores (câncer e hiperplasia benigna da próstata).
Já na área de urologia, o Centro contará com profissionais de nefrourologia (hipertensão renovascular e transplante renal), endocrinourologia, neurourulogia (disfunções da vesícula, uretrais e incontinência urinária) e urologias geriátrica e plástica.
A nova unidade contará com 66 profissionais, sendo 36 médicos. A previsão inicial de atendimento é de três mil consultas por mês. Quando estiver completamente instalado, o centro terá capacidade de dobrar esse número de atendimentos, passando a seis mil consultas mensais.
Neste primeiro momento, serão ativados os setores de atendimento ambulatorial em urologia, doenças da próstata, doenças infecto-contagiosas do trato urinário e calculose. O Hospital Brigadeiro fica na Av. Brigadeiro Luís Antônio, 2.651.
Fonte: reporterdiario
enviado por www.viaki.com - (15.4.08, 18:46)

quinta-feira, 19 de março de 2009

SERRA LANÇA PROGRAMA AMBIENTAL PARA CRIANÇAS DE TODO ESTADO

Qui, 19/03/09 - 16h15
Serra lança programa de educação ambiental para crianças de todo o Estado
30 mil estudantes serão atendidos mensalmente pelo Programa Criança Ecológica, que abordará questões ambientais em espaços lúdicos e interativos
Milton Michida

Governador José Serra lança programa Criança Ecológica no parque Villa-Lobos

O governador José Serra e o secretário do Meio Ambiente, Francisco Graziano lançaram nesta quinta-feira, 19, o programa Criança Ecológica. O objetivo da iniciativa é sensibilizar as crianças entre 8 e 10 anos de todo o Estado e despertar nelas atitudes capazes de contribuir com a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente.
Para o problema ambiental ser enfrentado, destacou Serra, a educação é fundamental. “A população precisa ter consciência da existência desse problema e nada melhor que começar pelas crianças, porque elas são nosso futuro e também porque, a partir de agora, na medida em que vão aprendendo, elas passam a ser fiscalizadoras de suas casas, porque vão compreender o problema desde sua origem”, argumentou o governador.
O que é aquecimento global, desenvolvimento sustentável, bacias hidrográficas, uso racional da água e muitos outros termos ecológicos, presentes no cotidiano, serão mais facilmente assimilados pelas crianças com a participação no novo projeto da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.
A primeira área pública a receber um espaço dedicado para o Programa é a Villa Ambiental, localizada no Parque Villa Lobos. O Parque Ecológico do Guarapiranga, a Fundação Parque Zoológico de São Paulo, o Jardim Botânico e o Pomar Urbano são as outras áreas na capital paulista que vão sediar atividades de educação ambiental até o final 2009. Serão atendidos por mês 30 mil alunos da rede pública estadual, além do público em geral, aos finais de semana.
O secretário do Meio Ambiente, Francisco Graziano, disse que a Villa Ambiental não se trata de um espaço de visitação, mas sim de uma escola de educação ambiental. “Mais do que sensibilizar e transmitir conhecimentos, queremos transformar as crianças em agentes de mudanças. Por meio delas queremos atingir os pais, para fazerem a coleta seletiva de lixo e ter um comportamento ambiental adequado, por exemplo”, disse o secretário do Meio Ambiente.
Espaços lúdicos e interativos
Em todos os espaços a garotada terá atividades lúdicas e interativas sobre meio ambiente. Na Villa Ambiental, por exemplo, a missão da “meninada” é salvar o Planeta Terra do aquecimento global. Cada parque terá temas diferentes sinalizados por cores: azul corresponde à água; verde à fauna e flora; cinza à poluição, e amarela, que será no Villa Lobos, ao aquecimento global e educação para a vida.
Além disso, para atender com mais facilidade as escolas do interior, 29 Unidades de Conservação disponibilizarão uma programação específica para o Criança Ecológica, fora o Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim, na cidade de Campinas, o Bosque Municipal da Cidade de Ribeirão Preto, e a Estação Ciência da USP, na capital, que também sediarão atividades.
Para preparar os alunos para as atividades que serão desenvolvidas, os professores terão acesso a materiais didáticos com conteúdos que tratam a temática de cada agenda. Após a visita, as crianças receberão um livro intitulado “Criança Ecológica – Sou dessa turma” – e poderão fazer download das atividades e materiais pedagógicos disponíveis no site do Programa, que entrará no ar a partir desta quinta-feira: www.criancaecologica.sp.gov.br.
Da Secretaria do Meio Ambiente

ERRO GRAVE NA INVESTIGAÇÃO DA REDE DE PEDOFILIA


A delegada Rosana Vanni, que investiga uma suposta rede de pedofilia em Catanduva, a 379 quilômetros da capital paulista, admitiu durante depoimento à CPI da Pedofilia que cometeu pelo menos um erro grave durante as investigações. Ela disse aos senadores que ligou para o advogado de um dos suspeitos informando que iria apreender um computador. Ela afirma que o equipamento poderia conter imagens produzidas pela rede de pornografia infantil. Mas, quando foi à casa do acusado, a delegada já não encontrou a máquina, apenas o monitor e os periféricos que estavam ligados a ela. Segundo Rosana, esse foi um erro grave.O senador Magno Malta, que compõe a CPI, afirmou que, devido ao erro, os suspeitos de participar da suposta rede de pedofilia podem ficar impunes.As quatro primeiras testemunhas que prestaram depoimento na audiência pública realizada pela CPI criticaram o trabalho da Polícia Civil da cidade. Um casal de pais de supostas vítimas, um diretor de escola e o coordenador de uma organização não-governamental (ONG) afirmaram que a polícia foi omissa com relação às suspeitas de existência de uma rede de pedofilia na cidade.Geraldo Correa, da ONG Instituto Pró-Vida, foi o primeiro a ser ouvido. Aos senadores Magno Malta (PR-ES), Romeu Tuma (PTB-SP) e José Nery (Psol-PA), Correa afirmou que foi procurado em fevereiro por mães de supostas vítimas que não estavam satisfeitas com a apuração da polícia sobre as suspeitas. Emocionado, Correa disse que procurou várias autoridades de Catanduva, mas que nenhuma deu a devida atenção às denúncias.- No momento das denúncias, fiquei sozinho. Aqueles que deveriam estar com o controle da situação não estavam - afirmou ele, citando também falhas do Conselho Tutelar e do Ministério Público.LEIA MAIShttp://oglobo.globo.com/sp/mat/2009/03/18/cpi-da-pedofilia-delegada-de-catanduva-admite-erro-na-investigacao-754889847.asp
o PTB sempre presente em tudo

quarta-feira, 18 de março de 2009

Kassab diz que Serra 'está preparado para ser presidente'

Prefeito de São Paulo voltou a manifestar apoio a governador do estado.Na segunda, governador de SP criticou 'antecipação' de debate eleitoral.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), reafirmou nesta terça-feira (17) o seu apoio ao nome do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), para disputar a Presidência da República nas eleições de 2010.

"Acho importante que Serra seja candidato por sua competência. Acredito que ele está preparado para ser presidente", disse Kassab, depois de se reunir com ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro.

Serra, no entanto, tem criticado o que chamou de "antecipação" do debate eleitoral. Além do governador de São Paulo, o PSDB tem outro nome cotado como possível candidato ao Palácio do Planalto, o do governador de Minas Gerais, Aécio Neves.Kassab afirmou também que tem o maior interesse em "encontrar um caminho para atenuar um pagamento tão pesado" da dívida do município. "O que pagamos hoje é a ausência de responsabilidade fiscal de algumas décadas", disse Kassab, ao comentar matéria de hoje do jornal "O Estado de S.Paulo" sobre o fato de que a queda da taxa Selic poderá forçar a revisão de acordos de dívidas dos estados e municípios com a União.

Kassab disse que hoje 13% das receitas no município de São Paulo são comprometidas com a dívida, o que dá R$200milhões por mês. O prefeito afirmou ainda que é contra qualquer mudança na Lei de Responsabilidade Fiscal para que seja feita uma nova negociação das dívidas. "A lei é fundamental para o país. Essa lei veio para ficar. Se pede que ela seja mais rigorosa ainda", disse Kassab. O prefeito vai se reunir ainda nesta terça com o ministro das Cidades, Márcio Fortes, e o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. Com Marcio Fortes, Kassab pretende tratar do pacote habitacional que será lançado pelo governo federal. Segundo ele, se a cidade de São Paulo mantiver o mesmo nível de investimentos que manteve nos últimos quatro anos no setor de habitação, entre 12 a 15 anos todos os problemas dessa área serão resolvidos. Ele explicou que tem investido R$ 1,6 bilhão ao ano, na área da habitação.

domingo, 15 de março de 2009

AÇÕES DO PTB EM 2009


A bancada petebista da Assembléia Legislativa teve uma participação efetiva nos trabalhos da Casa em 2008. Os projetos apresentados tiveram o cuidado de ter, como único foco, garantias de benefícios sociais àqueles que pagam seus impostos, os quais desejam, no mínimo, que os recursos tenham uma correta e adequada aplicação.
Seus seis integrantes (deputados Campos Machado, Edson Ferrarini, Conte Lopes, Otoniel Lima, Roque Barbiere e Waldir Agnello), possuem os mais renomados currículos políticos do Estado e do País, resultando na existência de uma vasta gama de leis aprovadas em favor da população de São Paulo.
Em 2008, o Partido Trabalhista Brasileiro cresceu significativamente em todo o território paulista. Está, hoje, entre as três maiores agremiações partidárias em número de filiados, com grandes chances de chegar ao topo, até porque, no começo de 2009, inicia um grande movimento de filiação partidária.
Ao mesmo tempo, a liderança do PTB comemora este ano a implantação do Conselho de Defesa das Prerrogativas Parlamentares, criado e presidido por este líder. Trata-se do colegiado mais importante da Casa, pois defende a história e a base do sistema político do Brasil.
A Assembléia Legislativa não deve ser submissa e, sim, caminhar lado a lado com o Poder Executivo nas decisões sobre o que é melhor para os cidadãos.
Em 2009, o PTB, que caminha para ser o maior e mais moderno partido do Estado, vai ampliar e dinamizar o trabalho dos seus 11 Departamentos Sociais (Mulher, Ambiental, Afro, Aposentados, Esporte e Saúde, Inter-Religioso, Terceiro Setor, Empresarial, Inclusão Social, Jovem e Sindical) e realizará encontros regionais com a participação dos 645 municípios paulistas.
Publicado na Revista "Parlamento Paulista" - Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

TRES PRESIDENTES DA REPÚBLICA VISITARAM ITAQUERA

Único bairro da Zona Leste visitado por três presidentes da República desconhece fatos de sua própria história
Poucos bairros e cidades brasileiras tiveram o privilégio de, em algum dia, receber a visita de um presidente da República. Mais raro ainda são as localidades que foram visitadas por três autoridades máximas do País. Itaquera é excessão à esta constatação. Entre 1979 e 2004, o bairro recepcionou três chefes da nação durante o período de governo (o militar João Batista Figueiredo e os civis Fernando Henrique Cardoso e Luis Inácio Lula da Silva). Além deles, dois polêmicos ex-presidentes do Brasil também vieram para cá: o matogrossense de Campo Grande, Jânio da Silva Quadros, que renunciou ao cargo no dia 25 de agosto de 1961, após sete meses de mandato; e o carioca Fernando Affonso Collor de Mello, afastado do cargo após dois anos e seis meses.Jânio veio a Itaquera no efervescente ano de 1.985, quando estava em campanha para a Prefeitura de São Paulo, tempo que o Brasil dava os primeiros passos para a abertura democrática com as eleições diretas. Chegou ao bairro a convite do líder maçônico José Carlos Gutierrez, sendo recepcionado pelos empresários filiados à Associação das Indústrias da Região de Itaquera (AIRI), em evento realizado no salão social da Associação Cristã de Moços (ACM) do bairro. Naquele ano, Jânio venceu a eleição, assumindo o cargo em janeiro de 86 em substituição ao saudoso prefeito santista Mário Covas Júnior.Primeiro presidente civil eleito pelo voto direto desde 1960, Collor de Mello foi alçado à Presidência pela vontade da maioria esmagadora dos brasileiros. Assumiu num 15 de março de 1990, mas graças à corrupção deslavada no Poder, permaneceu no governo até o dia 2 de outubro de 1992, quando foi afastado do cargo por impeachment, sendo substituído pelo vice, Itamar Franco. Embora quase ninguém saiba, quando candidato, em plena disputa pela Presidência, Fernando Collor visitou a Casa de Saúde Santa Marcelina, aqui em Itaquera, onde ajoelhou-se e rezou com as madres que dirigem a entidade, a exemplo do que praticamente todos os políticos fazem quando percorrem a Zona Leste.Collor conheceu o ambulatório do hospital, o pronto-socorro e a ortopedia. Esteve por lá a convite do médico (recentemente falecido) Ricardo Veronezi, que trabalhava na divulgação da campanha “S.O.S. Santa Marcelina”, objetivando a arrecadação de dinheiro para a conclusão das obras de um novo prédio da unidade de saúde. Antes do “pit stop” no hospital, Fernando Collor visitou os conjuntos habitacionais José de Anchieta, José Bonifácio e Cidade Tiradentes.Quanto às visitas dos presidentes durante o exercício do mandato, caíram no esquecimento coletivo porque não foram colocadas placas nas respectivas inaugurações de que participaram, ou feito qualquer outro tipo de registro, exceto as reportagens do Notícias de Itaquera. Mas vale refrescar a memória de alguns moradores e informar os outros novos que por aqui chegaram, afinal, mais uma vez estamos em ano eleitoral com disputa pela sucessão presidencial. De acordo com a história, o primeiro chefe maior da nação que veio “dar expediente” por aqui foi o general carioca João Batista de Oliveira Figueiredo (15/03/79 a 15/03/85). A falta de registros impressos impossibilitou informar a data correta em que ele desembarcou no conjunto habitacional José Bonifácio - Cohab II - durante o governo. Quem lembra fragmentos deste dia é o metalúrgico aposentado José Arcanjo de Araújo, 62 anos, que se mudou para o núcleo habitacional em 15 de setembro de 1980. Militante petista e amigo pessoal do sindicalista Luiz Inácio Lula da Silva, “Zé Preto” como ficou conhecido em Itaquera, comenta que foi um dia especial para a Zona Leste. No começo da década de 80, Itaquera era considerada uma região no “fundão” de São Paulo, cercada de violência, com falta de saneamento básico, meios precários de transporte público, porém, bem menos populosa que hoje. Para chegar à Praça Brasil e dar como inaugurado oficialmente o conjunto habitacional José Bonifácio, a comitiva de Figueiredo passou pela avenida Líder (Cidade Líder), trafegou pelas ruas centrais de Itaquera até entrar no perímetro da Cohab.Paulo Vasco, 60 anos, vendedor de jornais, doces e lanches em frente à praça da extinta estação ferroviária, recorda-se que as ruas do Centro de Itaquera foram lavadas, pintadas e a população ficou nas calçadas saudando o ditador que passava em seu espaçoso Landau. Carioca, o general João Batista Figueiredo sucedeu o general Ernesto Geisel, eleito pelo colégio eleitoral com 355 votos. Foi o último chefe do regime militar. Batista foi eleito com a finalidade de completar o projeto da abertura democrática. Teve o mais longo mandato atribuído a um presidente brasileiro. Foi um governo com reflexos diretos na crise econômica de 1981 a 1984, nas brigas internas dos integrantes do governo e na falta de habilidade política de um presidente, conforme arquivos de então.A inauguração do conjunto habitacional José Bonifácio, feita pelo presidente, fez parte de grande programa de habitação popular criado pelos militares e que incentivava a população de baixa renda a ter um teto para morar. Itaquera foi escolhida para a construção dos primeiros núcleos populares de habitação. O conjunto José Anchieta (Cohab I) veio primeiro que José Bonifácio. Segundo Zé Preto, logo depois da visita do militar houveram manifestações de um grupo de mutuários que não concordava com as prestações “salgadas” do BNH. João Batista Figueiredo veio a Itaquera acompanhado por utros militares e pelo direitista governador do Estado de São Paulo, na época, Paulo Salim Maluf.
FHC ESTEVE EM ITAQUERA DUAS VEZES, NO MESMO ANO
Também natural da cidade do Rio de Janeiro, o tucano Fernando Henrique Cardoso (o que mais tempo permaneceu na Presidência, sendo eleito em 1994 e reeleito em 98, governando até 31/12/2002) esteve em solo itaquerense por duas vezes, em 1996. Na manhã do sábado, 31 de agosto daquele ano, ele visitou as instalações do Hospital Santa Marcelina, junto com seu ministro da Saúde de então, o médico Adib Jatene. Como sempre acontece, as religiosas que dirigem a entidade aproveitaram a ilustre presença do presidente para reivindicar mais verba e mostrar toda a complexidade da casa de saúde. Elas esperavam apenas Jatene, e disseram terem ficado surpresas com a chegada de FHC.Dias depois ele voltou ao bairro, desta vez na estação Corinthians-Itaquera, onde anunciou a retomada das obras da extensão Leste do metrô, de Itaquera até Guaianases, as quais estavam paralisadas desde 1992. Na realidade, o presidente estava anunciando a integração do trem expresso ao sistema ferroviário, e não o metrô. Morador em São Paulo, Fernando Henrique esteve acompanhado pelo então governador Mário Covas, quatro ministros, senadores, deputados e afins.
“HOMEM DO POVO”
O terceiro presidente do Brasil que veio a Itaquera, em pleno governo e a trabalho, foi o ex-metalúrgico Luis Inácio Lula da Silva. Primeiro governante de esquerda, civil e sem formação universitária, ele foi o 19º eleito pelo voto direto entre as 27 eleições já realizadas desde 1981. Nascido em 27 de outubro de 1945, em Garanhuns (PE), Lula militou no sindicalismo no ABC Paulista até alcançar o posto de chefe da nação. Desgastado junto ao povo que o elegeu, o governo Lula vem enfrentando a maior crise política da história recente do Brasil. Sua visita a Itaquera ocorreu em setembro de 2004, ocasião em que inaugurou o inacabado prolongamento da Radial Leste, daqui até Guaianases, a convite da prefeita Marta Suplicy, então candidata à reeleição.O palanque foi montado no meio da avenida, e ao lado da histórica Praça da Estação Ferroviária, demolida em junho daquele ano. Foi um sábado de festa, agitação política, calor e chuva forte. A imprensa de todo País mandou seus correspondentes com câmeras, microfones e sinais super poderosos. Muito diferente de quando o militar João Batista Figueiredo passou pelo bairro, é claro. Há 26 anos, a comunicação brasileira dispunha de telex, telefone, fotografia manual, sinais de TV que não cobriam todo território, jornais impressos e emissoras de rádios. A cobertura feita para a visita do presidente operário foi acompanhada em tempo real pela revolucionária Internet, entre outros veículos.Como estava em ano de campanha, Lula da Silva foi multado pelo Tribunal Eleitoral, pela atitude de subir no palanque para inaugurar a obra da colega Marta. O ato foi interpretado pela Justiça como uma estratégia eleitoral para alavancar a imagem da colega candidata. Paulo Vasco acha que, independentemente dos interesses partidários, essas visitas mereciam placas comemorativas, afinal somos o único bairro da Zona Leste a registrar a presença de efetivos chefes da nação.
fONTE> NOTÍCIAS DE ITAQUERA

VOCÊ SABIA?

Itaquera
A região de Itaquera concentra uma população de 1.633.433 habitantes distribuídos em 4 Distritos: Cidade Líder, 98.920 habitantes; Parque do Carmo, 51.419 habitantes; Conjunto Habitacional José Bonifácio (COHAB II) 104.055 habitantes e Itaquera 191.494.
Até 1970 foi essencialmente agrícola (plantio de pêssegos), quando não tendo outra opção, indústrias aqui se instalaram aproveitando a mão de obra remanescente da migração para o Leste (Ferraz de Vasconcelos, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Guaianazes, São Mateus, etc.) A Região conta hoje com cerca de 250 empresas de pequeno, médio e grande porte, concentradas na sua maioria no Polo Industrial de Itaquera recentemente regulamentado (1.992) e cerca de 1.100 estabelecimentos comerciais, que não absorve a mão de obra oferecida pela comunidade. Servida pelo Metrô, que concentra em sua estação Corinthians-Itaquera os terminais das linhas de ônibus que circulam pelos distritos e bairros periféricos, a Região é bem atendida pelas linhas que dispõe. A renda "per cápita" gira em torno de 6,12 salários por chefe de família, o que torna um atrativo para ofertas de produtos na sua maioria de primeira linha.
Etnicamente, a população é formada de nordestinos, descendentes de portugueses, italianos, espanhóis, lituanos, restando porém um pequeno agrupamento de descendentes orientais (japoneses), que teima em conservar suas tradições.
Como pode-se observar, a concentração humana é muito intensa, dada ao tipo de habitação que predomina nas construções das COHAB's, aumentando sensivelmente a densidade demográfica, no presente caso o Conjunto Habitacional José Bonifácio (edificações com 5 andares) (ano 2000).
Origem e desenvolvimento do Bairro
O bairro de Itaquera, localizado na Zona Leste de São Paulo, desenvolveu-se em grande parte sob a forma clássica de loteamento e vilas.
O Nome Itaquera surgiu pelo fato de existirem muitas pedras no local.Os índios que habitavam esta área, deram o nome ao local, que significa "Pedra Dura".Em 1837, só existiam duas fazendas formando o bairro: Fazenda Caguaçu, que pertencia aos carmelitas do Rio de Janeiro e a Fazenda do Dr. Rodrigues Barreto.
Após quatorze anos, as fazendas foram divididas em lotes e vendidas, os compradores fizeram algumas casas e construíram uma capela em louvor à Santa Ana, surgindo assim a Vila Santana. A Fazenda Caguaçu foi vendida à Companhia Carmozina, hoje Vila Carmozina.
Foi aí que começou a povoação de Itaquera, em ritmo acelerado.
Os moradores de Vila Carmozina ergueram uma capela em louvor à Nossa Senhora do Carmo, trazendo para a mesma uma pequena imagem (hoje, Matriz Nossa Senhora do Carmo).
O primeiro vigário foi o Revmo. Pe. José Bibiano de Abreu, natural de São Paulo, que inaugurou a Matriz a 23 de dezembro de 1928.
Entretanto, Itaquera nasceu com a denominação de "Paragem de Itaquera", quando o Pe. José de Anchieta, por volta de 1556, fundou o núcleo catequético Ururai (S. Miguel Paulista), ordenando a seguir que se abrisse uma estrada em direção ao Caminho do Mar, atual Estrada da Caguaçu, Av. Pires do Rio, Estrada de São Miguel, Estrada de Itaquera, Estrada da Fazenda e daí em diante, com várias denominações em virtude de sua incorporação aos arruamentos por onde passa, ou seja, Estrada João XXIII, Estrada de Sapopemba, Etc.
Com a denominação de "Paragem" veio até o fim do século XIX, quando já estava dividida e duas fazendas: Caguaçu e Nossa Senhora do Carmo.
A Estação ferroviária de Itaquera foi construída em 06 de novembro de 1875, por voluntários portugueses, húngaros e brasileiros.
Sendo nesta época o único meio de transporte, o trem, que transportava, além de passageiros, cimento, cereais e bovino.
Segundo o Sr. Norival Marton, ex- chefe da Estação, Itaquera é cognominada a "Capital da Linha Tronco da E.F.C.B.
A maioria da população concentrada em Itaquera exerce atividade na Capital, ou para lá se dirige para vender seus produtos.
A primeira Escola Mista do bairro estava localizada na Rua Dr. Luiz Pereira Barreto, sendo o diretor o Sr. Fábio Pereira Barreto, em 1900, as primeiras professoras foram: Sinhá Barreto e Leopoldina Barreto.
A primeira pessoa nascida em Itaquera, foi o Sr. Nicolino Mastrocola, em 22 de outubro de 1907, tendo terminado o curso primário em 1914, na escola acima citada.
Entre os moradores mais antigos de Itaquera podemos destacar: Dr. Rodrigo Pereira Barreto, Manoel de Almeida, Miguel Mastrocola, Francisco Gianetti, Pasqual Novelli, Emidio Campanella, o comerciante Amaury Fonseca. Itaquera em Constante Evolução
Num confronto com a Itaquera de ontem com a Itaquera de hoje, constatamos um progresso verdadeiramente acentuado, no Setor Industrial, Itaquera ainda tem muito o que crescer, possuindo apenas algumas industrias em expansão.
O comércio ainda é pouco desenvolvido, porém cresce constantemente.
A rede bancária cresceu bem, e hoje possui uma quantidade boa de diferentes bancos.
Há em Itaquera, inúmeras chácaras com hortaliças, flores, galinhas que se destinam à produção de ovos, nessa tarefa, os japoneses são os mais dedicados, destacando-se a Colônia Japonesa.
Como centro religioso, Itaquera possui a sua Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo e outras Igrejas, bem como vários estabelecimentos de ensino, tais como: G.E. Professora Emília de Paiva Meira, G.E. Hiroshima, G.E. Álvares de Azevedo, Liceu Camilo Castelo Branco, e vários outros G.E. instalados em vários pontos do bairro. Itaquera possui cartório de Paz e Imóveis, Fórum, Delegacia de Polícia e Associações Recreativas, possui ainda o SESC ITAQUERA que é um excelente local para o Lazer, e em matéria de acesso e locomoção não deixa a desejar, possuindo metrô e meios de transportes que possibilitam acesso a todos os pontos de São Paulo.
O Jornal do bairro, a "Folha de Itaquera", foi fundada há mais de 07 anos pelo prof. João Roman Flores. O primeiro redator de Itaquera foi o Sr. Julio de Mello e Silva

UTILIDADE PÚBLICA

Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila.O cartório eletrônico, já está no ar! Nele você resolve essas (e outras)burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário.Depois, o documento chega por Sedex.www.cartorio24horas.com.brPasse para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.
DIVULGUE. É IMPORTANTE: AUXÍLIO A Lista·telefone 102... Não!Agora é: 08002800102Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes. .NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇOVERDADEIRAMENTE GRATUITO.
Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.Importante: Documento roubado - BO dá gratuidade - Lei 3.051/98 - VOCÊ SABIA?
Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos·como: Habilitação (R$ 42,97); Identidade (R$ 32,65); Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11).
Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao DETRAN p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia a um posto do IFP.

sexta-feira, 13 de março de 2009

HOMENAGEM AOS APOSENTADOS NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA.

Em Sessão Solene realizada na Assembléia Legislativa, neste dia 9, pela manhã, aposentados e pensionistas comemoraram o Dia Nacional do Aposentado, dando início à campanha nacional da categoria, que visa pressionar Câmara dos Deputados, em Brasília, para que seja aprovado o projeto de lei que propõe mudanças nos reajustes anuais dos aposentados.Várias lideranças de aposentados e pensionistas estiveram presentes à sessão solene, solicitada pelo deputado Campos Machado, e presidida pelo deputado petebista Waldir Agnello, primeiro vice presidente da Assembléia, além do Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Turismo, Claury Alves da Silva, representando o governador José Serra; o senador Romeu Tuma; o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá; Sr. Antonio Alves da Silva, presidente de Fapesp - Federação de Associações e Departamentos de Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo; Adalberto Nadur, presidente do PTB Empresarial, na ocasião representando a presidência da FIESP; Benedito Marcilio, ex-deputado federal e presidente do PTB Aposentados e da Associação de Aposentados e Pensionistas do Grande ABC, o presidente da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (COBAP), Warley Martins Gonçalles, além de representantes da CUT.O primeiro a falar foi o deputado federal do PTB e defensor dos aposentados, Arnaldo Faria de Sá, que mais uma vez uniu forças à luta dos trabalhadores, ao lembrar que é preciso pressionar o Congresso na aprovação de dois projetos: fim do fator previdenciário e mudanças nos critérios adotados pelo reajuste dos aposentados e pensionistas no país."O primeiro passo favorável pela recuperação das perdas do reajuste dos aposentados e pensionistas foi dado na última quarta-feira, quando apresentei parecer favorável ao projeto que institui essas mudanças", informou o parlamentar, que fez questão de ressaltar a importância do movimento iniciado na Assembléia Legislativa.Para o presidente da Fapesp o momento que os aposentados vivem é de humilhação, a classe não tem mais em quem acreditar e conclamou todas as associações, federações e confederações para somarem forças a esta nova etapa que se inicia: "No Senado, nós obtivemos nossa primeira vitória, a partir de agora é preciso pressionar a Câmara para vermos nossas reivindicações atendidas" disse Antonio Alves, que alertou ainda que "a partir de agora o governo vai investir em palavras, afinal o ano que vem é ano eleitoral".Warley Martins Gonçalles, presidente da Cobap, lembrou que apesar de já existir há 25 anos, a entidade não teve grandes conquistas. "Mas agora estamos dispostos a levar os aposentados e pensionistas para as ruas. É preciso o apoio de todos, é preciso a união para que o movimento dos aposentados saia vencedor", argumentou Warley que aproveitou a ocasião para conclamar os presentes para o ato que ocorrerá no próximo dia 20 de março, às 11:30 h, quando deverão ocorrer manifestações em vários pontos. "Estaremos parando a ponte Rio/Niterói com os aposentados dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e a BR 116, no sul do país ".O PTB Aposentados marcou presença com Benedito Marcílio, presidente do departamento, que falou da importância desta comemoração relembrando as eleições para presidente, quando Lula, então candidato, prometeu que após ser eleito iria corrigir essa grande injustiça no nosso reajuste, e até hoje se quer recebeu as lideranças dos aposentados, nos virou as costas", disse, ao informar que atualmente há 15 milhões de aposentados endividados, "consequência do tão famoso empréstimo consignado", mas, demonstrou esperança ao falar da aprovação do Projeto de Lei 58, no Congresso Nacional.Já o Senador Romeu Tuma comentou que qualquer posição contrária a Reforma Previdenciária será uma desgraça "Os aposentados têm direito a recompor seus salários, o que não é benefício nenhum, mas respeito à lei", disse Tuma, fechando questão conforme decisão nacional do PTB de ser contra o fator previdenciário.Ao encerrar o evento que superlotou as dependências do Plenário Juscelino Kubitschek, o deputado estadual Campos Machado, líder do PTB na Assembléia Legislativa, presidente estadual e reeleito secretário-geral do partido, lembrou que há um ano era realizada esta mesma homenagem quando registrava a presença de poucos aposentados. "Hoje fico satisfeito em ver a categoria unida e o plenário lotado, e afirmo, mais uma vez, minha palavra aos presentes, de que meu partido irá se empenhar sempre na luta pelos aposentados".Campos Machado lembrou, também, que no último final de semana, na convenção do PTB, em Brasília, lideranças da COBAP solicitaram a palavra e apresentaram propostas na presença de representantes do partido dos 27 estados brasileiros. A proposta foi aceita incondicionalmente. "O PTB fechou questão em torno dos aposentados, quem for contra será excluído do partido. É lei partidária", enfatizou o líder petebista, que lançou uma idéia aos presentes: "É preciso que os demais partidos façam o mesmo. Procurem os demais partidos e façam com que se comprometam da mesma maneira que o PTB fez. A partir de hoje estamos em uma luta para vencer e não vamos mais falar em esperança, mas, sim, em vitória".No encerramento da Sessão Solene, uma verdadeira corrente de fé. A partir de um pedido do deputado Campos Machado, todos os presentes uniram suas mãos, "numa corrente de fé", e ouviram do líder petebista o seguinte: "As correntes produzem sonhos que nos deixam mais fortes. Unindo nossas mãos vamos buscar nossas forças em nossos corações. Que Deus proteja todos os aposentados em sua luta", completou.
Fonte: Assessoria de Imprensa Campos Machado

terça-feira, 10 de março de 2009

Governo age para barrar ONGs estrangeiras na Amazônia, diz Tuma Jr


Secretário de Justiça diz que governo irá restringir compra de terras.Polícia fiscalizará entidades que não fizeram cadastro obrigatório.



O governo brasileiro está se preparando para expulsar entidades não-governamentais internacionais que sejam consideradas uma ameaça à segurança nacional e vai restringir o acesso de estrangeiros a propriedades na Amazônia, disse em entrevista à Reuters o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior.
ONGs estrangeiras tiveram que fornecer ao governo, até o início de fevereiro, detalhes de suas operações e efetuar seus registros junto a autoridades, incluindo a Polícia Federal. Apenas 90 entre centenas de entidades estrangeiras cumpriram as exigências.
"Estamos planejando uma atuação da Polícia Federal, fiscalizando estas organizações que não se cadastraram para ver se elas já estão saindo ou se permanecem na clandestinidade, e aí vão ser fechadas", disse o secretário de Justiça em entrevista na segunda-feira.
O governo acusa alguns grupos de espionagem industrial, de prejudicar a cultura dos índios nativos e de biopirataria -- roubo de plantas medicinais para uso farmacêutico.
O secretário afirmou que a Polícia Federal tem provas de que ONGs estrangeiras desrespeitara a lei, mas não deu nenhum detalhe. No passado, muitas já foram expulsas do país sem julgamento adequado, segundo ele.
Para os que que criticam a medida, a ação do governo contra os estrangeiros seria uma reação à crescente pressão internacional para que o país reduza o desmatamento na Amazônia.
"A gente quer parcerias, quer sócios. Não queremos que alguém suponha que a terra não é nossa. Às vezes, nesses discursos, há pessoas que passam da conta -- 'A Amazônia é do mundo, não é do Brasil não'", afirmou Tuma Júnior. "A Amazônia é do Brasil, a Amazônia é nossa."
No ano passado, o comandante militar da Amazônia, general Augusto Heleno, afirmou que as fronteiras do país eram vulneráveis devido às demarcações de terras indígenas na região, onde muitas ONGs estrangeiras estão presentes.

"Soberania nacional"

O secretário afirmou ainda que o governo está trabalhando numa lei para restringir a propriedade de terras por parte de estrangeiros na Amazônia.
Fazendeiros de algumas regiões reclamam que a aquisição de terras por estrangeiros fez aumentar o preço dos terrenos. Alguns parlamentares chegaram a denunciar que entidades internacionais de conservação estavam vendendo terras na Amazônia pela Internet.
Tuma Júnior disse que há "uma vontade política do governo de restringir, de criar efetivamente um controle" da propriedade de terras. "É uma questão de soberania nacional", afirmou.
Segundo o secretário, o objetivo é permitir investimentos produtivos, mas proibir a especulação da terra por parte de estrangeiros. "Você tem que achar um equilíbrio. Há grandes empresas que querem investir, se estabelecer aqui. Tem que se criar um mecanismo que possibilite quem é serio e impeça quem é ilícito, criminoso e irregular."
Segundo as novas determinações, cientistas estrangeiros que forem visitar comunidades indígenas na Amazônia agora terão de pedir autorização ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ, do Ministério da Ciência e Tecnologia). No entanto, muitas ONGs com financiamento internacional são formadas por profissionais brasileiros.
"Essas medidas se aplicam a todas as ONGs, mas afetam mais as estrangeiras, porque elas não eram registradas", afirmou.
Fonte. www.globo.com

EM FUNCIONAMENTO. O BILHETE DO MADRUGADOR

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO - 10/03/2009 10:16
TARIFAS FICAM MAIS BARATAS PARA MADRUGADORES; CPTM GANHA NOVA CENTRAL DE MONITORAMENTO
O governador José Serra e o secretário dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella, participaram, na madrugada desta segunda-feira [09], do primeiro dia de vigência da nova Tarifa do Madrugador, que passou a dar descontos na passagem para os usuários que embarcarem das 4h40 às 6h no Metrô e das 4h às 5h20 na CPTM. Na ocasião, também anunciaram a nova central de monitoramento da CPTM, que garante o acompanhamento em tempo real do movimento nas 89 estações do sistema."Estamos dando uma cobertura às pessoas que viajam mais cedo. Hoje, 250 mil serão beneficiados e é evidente que isso poderá ser ampliado, na medida em que a tarifa será mais baixa", disse o governador José Serra após anunciar a Tarifa do Madrugador, na Estação Guaianazes, na Linha 11-Coral da CPTM.A comitiva do governador chegou às 2h45 e, acompanhada do secretário Portella, inaugurou a nova central de monitoramento, que reúne imagens das 1.578 câmeras nas 89 estações do sistema ferroviário. Instalada estrategicamente próxima ao Centro de Controle Operacional [CCO], no Brás, a sala tem 14 postos de trabalho para uma equipe de 42 agentes treinados para atuarem no local 24 horas por dia, em três turnos.Após a entrega da nova central de monitoramento, a comitiva embarcou em um trem do Expresso Leste e seguiu até Guaianazes, onde Serra falou com a imprensa sobre as novidades. Ao longo da viagem, um vídeo sobre o Plano de Expansão do Transporte Metropolitano foi exibido aos participantes por um monitor especialmente instalado dentro do vagão.Tarifa do MadrugadorO valor será R$ 0,20 mais baixo do que o praticado ao longo do dia para quem entrar nas estações nos horários estabelecidos. Por uma viagem de trem, ou metrô, o usuário pagará R$ 2,35. Na integração com o ônibus, a Tarifa do Madrugador terá um custo final de R$ 3,60. Ao fim de um mês, com 20 dias úteis, o usuário terá economizado R$ 4, o equivalente a dois litros de leite. Ao fim de um ano, serão R$ 48 de economia só com transporte.Para ter o benefício da Tarifa do Madrugador é simples: basta utilizar o bilhete único comum e a catraca da estação irá cobrar o valor reduzido nos horários estabelecidos. O benefício não vale para os usuários do Vale Transporte e dos Cartões Fidelidade.Monitoramento mais ágilOs ganhos tecnológicos vão aperfeiçoar a vigilância: um novo software oferece mais recursos na gravação e no monitoramento das imagens e vai minimizar eventuais impactos na rede de sistemas da companhia. Entre as inovações, estão a detecção de movimento em áreas restritas, por meio de câmera selecionada, e o fato de as imagens serem criptografadas, recurso que impede a edição e alteração de imagens.Além dos 14 postos de trabalho, a nova sala está equipada com seis monitores de 42 polegadas, sendo um para cada linha da CPTM, além de um monitor exclusivo para as denúncias via SMS recebidas pelo celular 7150-4949, uma estação de trabalho que acompanha a situação de todo o sistema de monitoramento e alarmes, via rede, para outro centro de segurança.Cada monitor tem capacidade para a visualização simultânea de 32 imagens e todos os equipamentos possuem ergonomia perfeita, proporcionando maior conforto e produtividade. Plano de ExpansãoAté 2010, o Governo do Estado de São Paulo terá investido R$ 20 bilhões na expansão do transporte público metropolitano, o maior investimento já realizado no setor no Brasil. São 173 novos trens para Metrô e CPTM, 144 trens totalmente reformados, vagões com acessibilidade para pessoas com deficiência e novas estações. A extensão de linhas com qualidade de metrô irá quadruplicar, dos atuais 61,3 Km para 240 e o tempo médio de viagens será reduzido em 25%. Para se ter uma idéia, o passageiro que utiliza na ida e na volta o trecho entre Grajaú e Sé, ganhará mais de duas horas, diariamente. Entre Vila Prudente e Pinheiros, serão duas horas de economia. Com o salto na qualidade do sistema, estima-se incremento de 55% de usuários. Além da qualidade no transporte, as ações do Plano de Expansão estão criando 40 mil empregos diretos e dezenas de milhares de empregos indiretos
FONTE. WEB-CPTM

Operação da PF em Cumbica prende funcionários públicos e policiais

Operação desarticulou 4 quadrilhas de tráfico que agiam no aeroporto. Traficantes, diz PF, agiam com a complacência de funcionários do governo
Uma auditora da Receita Federal, um funcionário da Infraero e dois policiais civis estão entre as 32 pessoas presas até o final da manhã desta terça-feira (10) pela Polícia Federal em São Paulo na Operação Carga Pesada. A operação foi deflagrada no início desta manhã no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, com o objetivo de desarticular e prender integrantes de quadrilhas de tráfico internacional de cocaína. Foram presos integrantes de quatro quadrilhas que agiam no aeroporto enviando a droga para países da África e da Europa. Segundo o procurador da República Vicente Mandetta, que participa das investigações do caso, os traficantes subornavam funcionários dos setores de fiscalização de Cumbica, que permitiam a entrada da droga nos aviões.
O esquema de três das quadrilhas, que foi divulgado nesta manhã durante entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, na Zona Oeste de São Paulo, funcionava da seguinte forma: funcionários do setor de transporte de cargas saiam com veículos exclusivos do aeroporto e recolhiam a droga, que era colocada dentro de malas com, em média, 50 kg cada. Eles retornavam para o aeroporto. Como os veículos não passavam por fiscalização, porque eram do setor de segurança, a droga era colocada então em contêineres de bagagens e, em seguida, direto na área de cargas das aeronaves.
As investigações das quadrilhas tiveram início em 2007 com um pedido de cooperação da polícia da África do Sul. Até esta terça-feira tinham sido presas 26 pessoas (completando com as 32 detidas até o final desta manhã um total de 58 pessoas) e apreendidos 540 kg de cocaína: metade da quantidade no Brasil e a outra metade na Holanda, Portugal, Espanha e África do Sul. Também foram expedidos nesta terça 35 mandados de busca e apreensão.

Policiais
Além dos dois policiais presos nesta terça, outros dois policiais civis fazem parte do grupo de 26 presos anteriormente. Um deles, de acordo com Mandetta, teria participação ativa como traficante. Os outros três foram detidos por tentativa de extorsão contra os traficantes. Também foram presos mais de dez funcionários de diversas companhias aéreas. A Polícia federal não quis especificar, porém, de quais companhias. Além das prisões em São Paulo foram expedidos outros dois mandados nas cidades de Campo Grande a Ponta Porã (MS). Os dois suspeitos desse estado fariam parte da única das quatro quadrilhas desarticuladas que usavam “mulas”, pessoas que transportam a droga, para o tráfico. Além de brasileiros, nigerianos participavam do esquema de tráfico como donos da droga. Embora a polícia não tenha citado valores, o procurador Mandeta informou que as quadrilhas enviavam sempre remessas de 50 kg e que recebeu a informação de que cada quilo chegava a ser vendido por cerca de 40 mil euros na Europa. Além disso, o procurador informou ainda que uma pessoa que participava do esquema apenas empurrando as malas com droga chegava a ganhar R$ 5 mil.

Mandetta afirmou ainda que não está descartada a possibilidade de envolvimento de outros agentes do aeroporto no tráfico de drogas. Para coibir isso, serão tomadas medidas de prevenção em Guarulhos. A polícia não especificou, porém, que medidas seriam essas.

A reportagem do G1 entrou em contato com as assessorias da Receita Federal e da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo e ambas ficaram de se pronunciar posteriormente. Em nota, a Infraero informou que "determinou a instauração imediata de uma sindicância interna para apurar os fatos e avaliar a participação do empregado em atividades que comprometam os procedimentos normativos da empresa".
Fonte. globo.com

Operação da PF em Cumbica prende funcionários públicos e policiais

Operação desarticulou 4 quadrilhas de tráfico que agiam no aeroporto. Traficantes, diz PF, agiam com a complacência de funcionários do governo

Uma auditora da Receita Federal, um funcionário da Infraero e dois policiais civis estão entre as 32 pessoas presas até o final da manhã desta terça-feira (10) pela Polícia Federal em São Paulo na Operação Carga Pesada. A operação foi deflagrada no início desta manhã no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, com o objetivo de desarticular e prender integrantes de quadrilhas de tráfico internacional de cocaína. Foram presos integrantes de quatro quadrilhas que agiam no aeroporto enviando a droga para países da África e da Europa. Segundo o procurador da República Vicente Mandetta, que participa das investigações do caso, os traficantes subornavam funcionários dos setores de fiscalização de Cumbica, que permitiam a entrada da droga nos aviões.

O esquema de três das quadrilhas, que foi divulgado nesta manhã durante entrevista coletiva na sede da Polícia Federal, na Zona Oeste de São Paulo, funcionava da seguinte forma: funcionários do setor de transporte de cargas saiam com veículos exclusivos do aeroporto e recolhiam a droga, que era colocada dentro de malas com, em média, 50 kg cada. Eles retornavam para o aeroporto. Como os veículos não passavam por fiscalização, porque eram do setor de segurança, a droga era colocada então em contêineres de bagagens e, em seguida, direto na área de cargas das aeronaves.





As investigações das quadrilhas tiveram início em 2007 com um pedido de cooperação da polícia da África do Sul. Até esta terça-feira tinham sido presas 26 pessoas (completando com as 32 detidas até o final desta manhã um total de 58 pessoas) e apreendidos 540 kg de cocaína: metade da quantidade no Brasil e a outra metade na Holanda, Portugal, Espanha e África do Sul. Também foram expedidos nesta terça 35 mandados de busca e apreensão.

Policiais
Além dos dois policiais presos nesta terça, outros dois policiais civis fazem parte do grupo de 26 presos anteriormente. Um deles, de acordo com Mandetta, teria participação ativa como traficante. Os outros três foram detidos por tentativa de extorsão contra os traficantes. Também foram presos mais de dez funcionários de diversas companhias aéreas. A Polícia federal não quis especificar, porém, de quais companhias. Além das prisões em São Paulo foram expedidos outros dois mandados nas cidades de Campo Grande a Ponta Porã (MS). Os dois suspeitos desse estado fariam parte da única das quatro quadrilhas desarticuladas que usavam “mulas”, pessoas que transportam a droga, para o tráfico. Além de brasileiros, nigerianos participavam do esquema de tráfico como donos da droga. Embora a polícia não tenha citado valores, o procurador Mandeta informou que as quadrilhas enviavam sempre remessas de 50 kg e que recebeu a informação de que cada quilo chegava a ser vendido por cerca de 40 mil euros na Europa. Além disso, o procurador informou ainda que uma pessoa que participava do esquema apenas empurrando as malas com droga chegava a ganhar R$ 5 mil.

Mandetta afirmou ainda que não está descartada a possibilidade de envolvimento de outros agentes do aeroporto no tráfico de drogas. Para coibir isso, serão tomadas medidas de prevenção em Guarulhos. A polícia não especificou, porém, que medidas seriam essas.

A reportagem do G1 entrou em contato com as assessorias da Receita Federal e da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo e ambas ficaram de se pronunciar posteriormente. Em nota, a Infraero informou que "determinou a instauração imediata de uma sindicância interna para apurar os fatos e avaliar a participação do empregado em atividades que comprometam os procedimentos normativos da empresa
Fonte:http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1036571-5605,00-OPERACAO+DA+PF+EM+CUMBICA+PRENDE+FUNCIONARIOS+PUBLICOS+E+POLICIAIS.html